Quinta-feira
21 de Novembro de 2019 - 

Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Newsletter

Previsão do tempo

Hoje - Anápolis, GO

Máx
25ºC
Min
18ºC
Nublado e Pancadas d

Sexta-feira - Anápolis,...

Máx
26ºC
Min
18ºC
Pancadas de Chuva

Sábado - Anápolis, GO

Máx
25ºC
Min
19ºC
Pancadas de Chuva

Página Inicial

Juíza do Tocantins fala sobre judicialização da saúde em congresso de hematologia no Rio de Janeiro

O Poder Judiciário do Tocantins foi representado no Congresso Brasileiro de Hematologia, Hemoterapia e Terapia Celular – HEMO, no Rio de Janeiro, pela juíza Milene Henrique, titular da Comarca de Araguaína e coordenadora do Natjus, Núcelo de Apoio Técnico da Justiça tocantinense. A magistrada participou do painel de discussão sobre judicialização e abordou a (IN) Exigência de Prescrição/ Relatório Médico na Judicialização da Saúde. O evento, que começou no último dia 6 e termina neste sábado (9/10), O painel foi coordenado por Carmino Antonio de Souza e Marco Antonio Zago, ex-reitor da USP – Universidade de São Paulo. Também participaram Paula Sue, coordenadora das Demandas Estratégicas em Saúde da Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo, Ignacio Poveda,  Secretário Geral da Universidade de São Paulo e Daniel Wang, professor de Direito da GV de São Paulo. Sobre o evento A cada edição, o Congresso Brasileiro de Hematologia, Hemoterapia e Terapia Celular – HEMO congrega médicos, residentes e estudantes das duas especialidades, além de biomédicos, enfermeiros e farmacêuticos. A atualização clínica e científica é extensa e com qualidade excepcional, pois cientistas e pesquisadores renomados nas áreas são convidados a pidir e debater o que há de melhor e mais novo em tratamentos e fármacos, a melhor qualidade de vida dos pacientes desde o diagnóstico efetivo até a possível cura.
08/11/2019 (00:00)
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Visitas no site:  367855