Quinta-feira
02 de Dezembro de 2021 - 

Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Newsletter

Previsão do tempo

Hoje - Anápolis, GO

Máx
26ºC
Min
20ºC
Chuvas Isoladas

Sexta-feira - Anápolis,...

Máx
27ºC
Min
19ºC
Chuvas Isoladas

Sábado - Anápolis, GO

Máx
25ºC
Min
18ºC
Chuva

Trabalho da Justiça Eleitoral é destaque no XIX Prêmio Nacional de Comunicação e Justiça

As estratégias de comunicação voltadas ao eleitorado e às atividades de relacionamento com a imprensa, desenvolvidas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e pelos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs), são destaques no XIX Prêmio Nacional de Comunicação e Justiça, concedido anualmente pelo Fórum Nacional de Comunicação e Justiça (FNCJ). A Justiça Eleitoral concorre em nove das 13 categorias da premiação, cujos vencedores serão conhecidos durante o II Seminário On-line de Comunicação & Justiça - Comunicando direitos e cidadania em tempos excepcionais, que será realizado nos dias 21 e 22 de outubro. A secretária de Comunicação e Multimídia do TSE, Giselly Siqueira, é uma das palestrantes do encontro virtual e participa do painel “Comunicação Institucional e o Combate à Desinformação”, marcado para às 16h30 de sexta-feira (22). Tradicionalmente, a premiação acontece durante o Congresso Nacional de Comunicação e Justiça (Conbrascom), mas o evento precisou ser adiado em decorrência da pandemia causada pela disseminação do coronavírus (Covid-19). Premiações anteriores Finalista do XIX Prêmio Nacional de Comunicação e Justiça, o Tribunal da Democracia já foi vencedor em edições anteriores do evento. Em 2014, o TSE garantiu o segundo lugar na categoria Campanha de Comunicação com a “Campanha de incentivo à participação da mulher na política” e o terceiro lugar nas categorias Publicação Especial com o “Guia das Eleições 2014 para jornalistas” e Programa de TV, com o “Brasil Eleitor”. Na edição de 2015, o TSE foi o segundo colocado nas categorias Relacionamento com a Mídia, Inovação e Mídia Radiofônica com os trabalhos “Centro de Divulgação das Eleições 2014”, “Serviço para dispositivos móveis – Eleições 2014” e “Diário das Eleições”, respectivamente. O projeto “#TSEresponde” alçou a Corte Eleitoral ao terceiro lugar da categoria Mídia Digital da premiação realizada em 2017. Dois anos depois, em 2019, o Tribunal voltou novamente ao pódio e obteve o terceiro lugar nas categorias Mídia Digital, com o “Assistente Virtual TSE” e Programa de TV, com o “Conexão Eleitoral”. Edição de 2021 Em 2021, o TSE concorre ao XIX Prêmio Nacional de Comunicação e Justiça nas categorias de Mídia Radiofônica, Mídia Social, Relacionamento com a Mídia e Reportagem Escrita. O perfil do Tribunal no TikTok, alimentado pela equipe da Secretaria de Comunicação e Mídias Sociais, concorre na categoria Mídia Social, enquanto o podcast Clica e Confirma, que traz semanalmente os assuntos mais relevantes da Justiça Eleitoral, é um dos competidores da premiação de Mídia Radiofônica. O Centro de Divulgação das Eleições presencial e virtual, que funcionou durante as Eleições Municipais de 2020, é finalista da categoria Relacionamento com a Mídia. Em novembro passado, o espaço foi utilizado para a troca de informações entre o TSE e os profissionais que acompanhavam os desdobramentos do último pleito. Na ocasião, a imprensa teve acesso facilitado a um conjunto de conteúdos úteis relacionadas às principais etapas do processo eleitoral, boletins de votação, esclarecimento de boatos envolvendo as eleições, entre outros assuntos. A reportagem “O caminho do voto: o que acontece depois que você aperta o botão confirma” também é destaque nesta edição do prêmio e foi escolhida como uma das finalistas da categoria Mídia Escrita. A matéria detalha a longa trajetória percorrida pelo voto digitado na urna eletrônica, passando pela atuação dos mesários e pela fiscalização da sociedade para consagrar a escolha do eleitorado no procedimento de totalização. TREs também participam Os Tribunais Regionais Eleitorais da Bahia, do Ceará, do Paraná, de Tocantins e de Rondônia também estão entre os finalistas da premiação. A Corte Regional baiana concorre na categoria Fotografia, com o trabalho “Um Olhar Jovem sobre a Democracia”. Já o TRE-CE é um dos escolhidos para disputar a categoria Vídeo Institucional/Documentário com a produção “Papel: uma história de frente e (em) verso”. O “Gralha Confere”, idealizado pelo TRE do Paraná é um dos concorrentes da categoria Mídia Digital. O TRE-RO é o representante da região norte no prêmio e participa da categoria Projeto/Campanha Institucional de Interesse Público com o projeto “Varal da Democracia”. A série “Urna Eletrônica: eu conheço, eu confio!”, do tribunal eleitoral de Tocantins, é uma das participantes do prêmio na categoria Mídia Audiovisual. Leia mais: 05.10.2021 - TSE é finalista em quatro categorias do Prêmio Nacional de Comunicação e Justiça 2021 BA, MC/CM Tags:#ASCOM Gestor responsável: Assessoria de Comunicação Últimas notícias postadas Recentes Mulheres debatem o papel feminino no fortalecimento da democracia Primeiro painel do seminário contra a violência de gênero reuniu quatro representações femininas para propor meios de enfrentamento ao problema Barroso abre seminário “Mais Mulheres na Política - sem violência de gênero” Programação continua ao longo do dia com transmissão no canal do TSE no YouTube Voto em papel e fraudes: pressões políticas eram comuns durante o pleito Confira a quarta entrevista da série que resgata memórias de brasileiros antes da urna eletrônica
18/10/2021 (00:00)
© 2021 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Visitas no site:  1866774