Quarta-feira
22 de Setembro de 2021 - 

Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Newsletter

Previsão do tempo

Hoje - Anápolis, GO

Máx
36ºC
Min
22ºC
Parcialmente Nublado

Quinta-feira - Anápolis...

Máx
33ºC
Min
23ºC
Parcialmente Nublado

Sexta-feira - Anápolis,...

Máx
31ºC
Min
22ºC
Nublado

Prazo para inscrição de projetos no Portal de Boas Práticas da CGE vai até 15 de agosto

Corregedorias Regionais Eleitorais, magistradas e magistrados, bem como servidoras e servidores desses órgãos têm até o dia 15 de agosto para inscrever projetos de sucesso para pulgação no Portal de Boas Práticas da Corregedoria-Geral Eleitoral do Tribunal Superior Eleitoral (CGE/TSE). As iniciativas devem ser inscritas por meio de formulário próprio disponível no site, a ser enviado para o e-mail cge@tse.jus.br. O Portal de Boas Práticas é um ambiente virtual para registro e pulgação de iniciativas inovadoras passíveis de serem replicadas e que podem servir de modelo para a gestão das Corregedorias Regionais. As práticas selecionadas para publicação no site serão automaticamente condecoradas com o Selo de Boa Prática CGE/TSE, como forma de reconhecimento e valorização do aprimoramento dos serviços judiciais. O Selo de Boa Prática será concedido anualmente, não sendo definida nenhuma ordem de classificação entre as iniciativas escolhidas. Boa prática Uma boa prática pode ser definida como uma atividade desenhada para atingir um resultado desejado, utilizando um conjunto de ações comprovado, recomendado e aprovado. Foi com base nesse conceito que a CGE/TSE criou o Portal de Boas Práticas e o Selo de Boa Prática. As iniciativas foram instituídas e regulamentadas no Provimento CGE nº 3, publicado no dia 23 de abril deste ano. O objetivo é ampliar a difusão do conhecimento no âmbito das Corregedorias Regionais Eleitorais e disseminar iniciativas e projetos inovadores, em busca da melhoria da gestão e da prestação jurisdicional. O corregedor-geral da Justiça Eleitoral, ministro Luis Felipe Salomão, destaca que, pela própria natureza das suas funções, as Corregedorias Eleitorais têm papel determinante para o bom e correto funcionamento da Justiça Eleitoral. Assim, é extremamente desejável que as experiências de sucesso sejam conhecidas, reconhecidas e compartilhadas. “No final, ganha o Poder Judiciário enquanto instituição, ganham servidores e membros e ganham, sobretudo, a sociedade e a democracia”, afirma. A CGE A CGE é o órgão responsável pela fiscalização da regularidade dos serviços eleitorais em todo o país e pela orientação de procedimentos e rotinas a serem observados pelas corregedorias e pelos cartórios eleitorais. Saiba mais sobre a CGE. Confira o Edital de Chamamento Público CGE/TSE nº 1/2021. MC/LC, DM Leia mais: 04.05.2021 - Corregedoria-Geral Eleitoral cria portal e selo de boas práticas   Tags: #Projetos #Corregedoria Regional Eleitoral #Inovação #Tribunal Superior Eleitoral #CGE – Corregedoria-Geral Eleitoral Gestor responsável: Assessoria de Comunicação Últimas notícias postadas Recentes Recursos do Fundo Eleitoral são definidos na proposta orçamentária da União Fundo Especial de Financiamento de Campanha surgiu com a reforma eleitoral de 2017, após o STF declarar inconstitucionais as doações de empresas nas eleições Eleições suplementares em Mato Grosso terão teste de integridade Sistema de auditoria da votação eletrônica constatará a segurança do pleito nas cidades de Acorizal, Matupá e Torixoréu no próximo domingo Urna eletrônica: inconfundível por fora, cada vez melhor por dentro TSE esclarece que é falsa a afirmação de que as urnas eletrônicas atuais têm a mesma tecnologia de 1996
27/07/2021 (00:00)
© 2021 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Visitas no site:  1694798